Valdinho do fondue

corrupa

(clique para ampliar)

Valdinho tinha um pequeno restaurante na zona sul de São Paulo. Com a chegada do frio, resolveu montar um rodízio de fondue. Ouviu dizer que propaganda é a alma do negócio e resolveu espalhar algumas faixas pelo bairro para divulgar a novidade.

Valdinho procurou Serginho, um velho amigo que trabalhava na subprefeitura responsável pela região, com medo que suas faixas fossem arrancadas pela limpeza urbana. O amigo lhe falou que era proibido colocar faixas em postes, por causa da tal “poluição visual”.

Valdinho lembrou-se de Gerson (o do jeitinho) e evocou a velha amizade:
– Pô Serginho, sou eu, seu velho amigo…
– Olha Valdinho, tem uma opção: a Prefeitura tá fazendo campanha contra a dengue e nós temos uma graninha para fazer algumas faixas. Podemos anunciar o seu rodízio nessa campanha.
– Poxa, mas dengue não combina com fondue, sabe como é, pega mal, mosquito, queijo, carne… Não tem outra opção para o seu velho amigo aqui?
– Claro, meu irmão, vou ver o que posso fazer por você.
– Maravilha! E depois vem comer um fondue com a gente… Por conta da casa, claro.

Error thrown

Call to undefined function ereg()