Uma lua a menos

Em breve, mais um espaço de céu vai desaparecer em São Paulo.

A todo vapor, a especulação imobiliária ajuda a economia a crescer e ergue mais uma casa de urubus na cidade.

Vizinho ao MASP, o Paulista Corporate , cujo nome é tão original e brasileiro quanto sua arquitetura, vai substituir o estacionamento que funcionava no local. Ciclo natural da terra em São Paulo.

O prédio chegou a ser contestado por interferir nos arredores do museu, que é patrimônio histórico. Breve contratempo até que o dinheiro e a lei se entendessem e o progresso continuasse a construir coisas (não tão) belas.

Até o final do verão, a Lua faz as suas últimas aparições para o pedestre que atravessa a rua Peixoto Gomide até o parque Trianon. Aproveite!

Compartilhe

3 Comments

  1. Posted 22/10/2010 at 19h32 | Permalink

    Perfeito!

  2. Posted 26/10/2010 at 10h59 | Permalink

    enquanto as casas crescem pra cima as mentes encolhem para dentro de si

  3. Posted 26/10/2010 at 14h45 | Permalink

    Alguém mais notou o absurdo em constrir uma porcaria dessa e esconder parte do MASP e como você mesmo disse, mais uma Lua vai se perder…

Post a Comment

Your email is never shared. Required fields are marked *

*
*