Por calçadas sem carros

O vídeo acima é um clássico das ações por um mundo livre da tirania do automóvel. Em 1995 o alemão Michael Hartmann resolveu começar a agir. Seu primeiro alvo foram os carros estacionados em cima das calçadas de Munique.

“Sempre que um pedestre encontra um automóvel parado no seu caminho, ele tem que se subjugar a essa coisa morta, alterando o percurso que normalmente faria. Trata-se de uma escravização moderna do Homem pela Máquina.”

Hartmann negou a moderna escravidão e talvez tenha sido o primeiro “carwalker” da era do automóvel.

O vídeo Autoschreck resume a trajetória de Hartmann. Está em inglês, mas boa parte das cenas não dependem de palavras. A descoberta desta versão foi do Menos Um Carro, que publicou também alguns excertos da autobiografia de Hartmann.

Que sirva de inspiração para algumas campanhas recentes contra um dos abusos mais comuns em todas as cidades: carros em cima das calçadas.

Chega de carros nas calçadas
postagem original no Menos Um Carro
Menos Um Carro – Autobiografia I
Menos Um Carro – Autobiografia II
Menos Um Carro – Autobiografia III
Domingo, dia de caminhar até a praia – “carwalking in Rio”

Share

7 Comments

  1. Posted 07/04/2009 at 10h34 | Permalink

    Animal o vídeo. Meu triste comentário é de que não temos muito esse tipo de problema em Brasília. Paradoxo? A verdade é que por aqui nem calçada existe. Somente as cruéis vias de fluidez automotiva.

  2. Marcelo
    Posted 07/04/2009 at 17h45 | Permalink

    Vamos fazer um Critical Mass Carwalking? Quem topa?

  3. Lilx
    Posted 07/04/2009 at 22h06 | Permalink

    Critical Mass Carwalking NOW!

  4. Posted 08/04/2009 at 18h08 | Permalink

    eu costumo dar uma cuspida no vidro da janela, carwalk eu ainda não experimentei…

  5. Posted 16/04/2009 at 2h23 | Permalink

    Porque nós não paramos o trânsito da 23 de maio todos os dias, umas 10 pessoas conseguem fazer isso todos os dias, pode virar um hobby. Tipo uma ação direta mesmo, politizada, todo o santo dia 10 pessoas se juntam e param a Paulista, ou uma mesmo, ou eu mesmo!

    belo vídeo!

  6. Posted 16/04/2009 at 23h54 | Permalink

    Deixa ver se a matemática tá boa…1995…2009.

    14 anos depois, o Herr Hartmann não fez muita diferença. Os motoristas alemães continuam parando em cima das calçadas e ciclovias, buzinando e matando os ciclistas e pedestres.

    A pequena diferença é que aqui, pelo menos, eles olham por cima do ombro antes de converter a direita pra ver se tem um ciclista tentando seguir reto. Vai que o maldito ciclista amassa a porta do buda sobre rodas…

    Com educação, sem educação, no terceiro ou no primeiro mundo: Autofahrer = Idiot!

  7. Wallace Telles
    Posted 11/10/2009 at 19h27 | Permalink

    Meus amigos…
    Gostaria de saber qual é a lei e seu artigo que proibe os CARROS NAS CALÇADAS…
    Por favor, podem enviar pra este email as informações que preciso ok?
    Obrigado

2 Trackbacks

  1. By Em Berlim, abelinha! « FIXA SAMPA on 21/04/2009 at 15h15

    […] Por calçadas sem carros […]

  2. […] a multa a um ciclista (Apocalipse Motorizado) CET quer multar ciclistas outra vez (Vá de Bike!) Por calçadas sem carros (Apocalipse Motorizado) O verdadeiro dono da cidade e a malhação de Judas (Vá de Bike!) […]

Post a Comment

Your email is never shared. Required fields are marked *

*
*