Ciclo-pelad@s em Brasília

wnbr_valter-campanato-abr-poucos-mas-muitos

foto: Valter Campanato

Relato enviado por Francisco Delano:

“Apesar de poucos e em meio a um tráfego que parecia leve no sábado entre as largas avenidas do plano piloto, alguns e algumas ciclistas se reuniram sob o céu do cerrado pra pintar corpos, camisas e 1 cartaz aderindo ao World Naked Bike Ride na tarde do sábado, 14. Por volta das 2 da tarde a imprensa que se inteirou do evento ainda representava pelo menos um terço das pessoas que haviam comparecido ao chamado. Os registros do fotógrafo Valter Campanato dividiram a página da Agência Brasil com o encontro dos presidentes Lula e Obama e a Record local fez algumas imagens (alguém tem o contato deles?).

Na saída, um quadro arrebentado e um pneu que furou nos desfalcaram – além da falta de uma bicicleta pra uma motorista de apoio que prometeu logo, logo engrossar as massas críticas. Dados os descontos, saíram cerca de 14 pessoas, 13 bicicletas, entre as quais estavam membros mais e menos assíudos da Bicicletada e do Hospitality Club/CouchSurfing de Brasília, estudantes e funcionários da UnB, além de ao menos um casal de pernambucanos pedalantes e mais outras pessoas que foram alcançadas pelo convite feito na véspera. Como podem ver nas fotos, tivemos também a presença da Helena, do alto dos seus 1 ano e meio, a mais jovem ciclo-ativista da capital federal, a quem, honestamente, o ciclonaturismo dificilmente poderia chocar, se tivesse se consumado…

Enquanto em São Paulo a polícia parece ter seguido ordens claras pra tentar estragar a festa, em Brasília o quórum não tão expressivo – gente que apareceu pelos mais distintos motivos (dando a dica do potencial agregador da peladada), com talvez nenhum(a) naturista experiente (se é possível dizer isso, né…) – inibiu uma adesão maior ao naturismo sobre rodas. Ainda assim, não faltou quem tentasse se disfarçar pra perder a vergonha e tirar a roupa (!) e também quem tirou todas as peças…

Mas com certeza valeu pra marcar a primeira tentativa do Cerrado em unir-se a essa festa mundial a favor da gratuidade dos bons momentos da vida.

Vale anotar a frase pintada num dos corpos (vivos) presentes: “Somos poucos. Seremos Muitos. Um Carro A Menos”. (ou qualquer outra ordem, depende da parte do corpo que você veja primeiro). Fica registrada, portanto, a memória da data na capital federal, aberta pra quem se animar a fazer maior e menos tímida no ano que vem .

Eventuais relatos e mais fotos e notícias devem ser compilados no site colaborativo www.nakedwiki.org , ao alcance, assim como a promoção do evento, de quem quiser.”

matéria na Folha de SP

Compartilhe

3 Comments

  1. Posted 24/03/2009 at 23h04 | Permalink

    Só uma frase, “Parabéns Brasília, saiba que há pessoas aí que pensam no bem comum”. A de São Paulo, diferente do que muitos divulgaram, não é a segunda e sim a quarta edição. No primeiro ano uma pessoa ficou nua, no segundo duas. Brasília começou muito melhor do que nós.

    Parabéns bravos guerreiros do cerrado.

  2. Rodrigo Sampaio
    Posted 24/03/2009 at 23h15 | Permalink

    Parabéns para Brasília! Segui a sugestão do texto e criei uma página para a cidade no nakedwiki.org. Coloquei lá o link para esse post e para as fotos da Agência Brasil.

    http://nakedwiki.org/index.php?title=Bras%C3%ADlia

    Por favor, quem tiver contato com o pessoal de Brasília encaminha o link para eles para que possam colocar mais informações.

  3. claudio ribeiro
    Posted 24/03/2009 at 23h39 | Permalink

    concordo que a nudez des-erotizada nunca chocaria uma criança que ainda é inocente o suficiente pra não erotizar uma nudez !

    mas por culpa da midia que gosta de “sensacionalizar tudo” um evento desse acaba erotizado da forma mais baiza possivel…

Post a Comment

Your email is never shared. Required fields are marked *

*
*