É mentira?

green_marketing

arte: singer

- O presidente da associação dos fabricantes de veículos não vai de helicóptero ao trabalho.

- As manobras da prefeitura para emplacar a revisão do plano diretor da cidade não tem como objetivo garantir a festa da especulação imobiliária.

- A cidade não vai mais insistir em obras faraônicas destinadas aos automóveis.

- O Secretário de Transportes não considera o fluxo de veículos mais importante que a vida dos cidadãos.

- Os automóveis pagam IPI, as bicicletas não.

- As doações de empreiteiras como a Camargo Correa para políticos de todos os escalões e partidos variados não influenciam em nada as políticas de desenvolvimento urbano e mobilidade das cidades.

- Eliana Tranchesi não é contrabandista

Share

4 Comments

  1. Matias
    Posted 01/04/2009 at 22h53 | Permalink

    fogo heim… onde vamos parar com essa impunidade e esses discursos vazios?

  2. Ricardo Oliveira
    Posted 02/04/2009 at 14h01 | Permalink

    O marketing, a mídia hegemônica golpista e os demo-tucanos tem algo em comum: A arte da mentira.
    São criadas histórias engenhosas para apresentar e criar outra realidade.

  3. Tio Deive
    Posted 05/04/2009 at 8h01 | Permalink

    Com estes políticos, empresários e mídia que temos, perdi as esperanças de qualquer mudança significativa, racional e inteligente.
    Penso que só um colapso total da estrutura viária, um congestionamento monstro onde todos os automóveis parem poderá provocar alguma mudança. Este colapso pode ser “natural” ou provocado, o que é muito simples de se fazer.
    Ricardo, infelizmente isto não é privilégio de Tucanos ou demo qualquer coisa, afinal o homem que está lá no Palácio do Planalto é do PT, e continua a favorecer os automóveis. São todos farinha do mesmo saco.

    Saudações.

  4. JESSE TEIXEIRA
    Posted 30/04/2009 at 17h09 | Permalink

    Parabens pelo texto

Post a Comment

Your email is never shared. Required fields are marked *

*
*