Questão de valores

Para melhorar o trânsito de máquinas, foi proibido o estacionamento de veículos na rua Augusta, local da foto acima.

Uma sociedade que considera esta cena normal, aceitável ou justificável é uma sociedade que  não tem boa parte dos valores que poderiam caracterizá-la como tal.

(título da postagem diretamente inspirado neste texto do panóptico)

Share

6 Comments

  1. Posted 28/08/2008 at 19h19 | Permalink

    E transporte de valores é caminhão doutor. Senhor com necessidades especiais que não sofre restrição.

    É sistemático em toda a cidade. Procedimento padrão, como diria o “capitão”. A CET e a prefeitura fingem que são “casos isolados”. Obviamente, aos empresários vale mais uma multa de trânsito de vez em nunca do que parar alguns metros a mais de distância do caixa e arriscar seu cofrinho.

  2. Posted 28/08/2008 at 19h51 | Permalink

    Existem alguns veículos que são dispensados de algumas regras de estacionamento pelas leis de trânsito vigente. Além de viaturas, caminhões de bombeiros e Ambulâncias os veículos de transporte de valores podem pegar uma contra-mão e estacionar em qualquer lugar para garantir a segurança dos valores transportados…

    Eu não concordo, mas tá no código… que alias nem sei quem escreve…

  3. Posted 29/08/2008 at 3h30 | Permalink

    Uma sociedade que foi educada para achar isso normal: http://incautosdoontem.opensadorselvagem.org/2008/08/escolta-fora-da-lei.html

    Combina direitinho.

  4. Posted 29/08/2008 at 15h01 | Permalink

    Daque a pouco serão as calçadas. Removerão as calçadas para o trânsito fluir melhor.

  5. Posted 29/08/2008 at 15h47 | Permalink

    Liquiuid, acho que estas exceções são permitidas como exceções, justamente. Uma perseguição policial, urgência de resgate etc.

    O transporte de valores tem este procedimento como regular. Assim, como os policiais que vão comer coxinha com a sirene em alerta, eles não tem crédito com a população, pq todo mundo sabe que tomaram possíveis exceções como regra.

    abraço

  6. Posted 29/08/2008 at 18h52 | Permalink

    coxinha…
    jajajaja

Post a Comment

Your email is never shared. Required fields are marked *

*
*