Ônibus é ruim porque polui e pega trânsito

A ANTP (Associação Nacional do Transporte Público) divulgou nesta semana a sua pesquisa anual sobre a imagem do transporte público em São Paulo.

Apesar da “aprovação” dos ônibus municipais ter caído 9% (de 61% em 2004 para 52%), o que chama a atenção são os problemas apontados pelos usuários.

Para 91% dos passageiros, os principais problemas são o fato dos ônibus ficarem parados no trânsito e a poluição gerada pelos coletivos.

A irritação com o trânsito, causado pelos 5,6 milhões de automóveis particulares da cidade (que circulam geralmente com apenas uma pessoa), superou a demora entre um ônibus e outro, apontada por 79% dos entrevistados, a superlotação dos veículos (75%) e até o preço das passagens (67%).

Tomara que o resultado da pesquisa sirva para que as autoridades municipais retomem o projeto de corredores exclusivos, criado na gestão passada e abandonado por José Serra (que logo nos primeiros dias de mandato aumentou a tarifa, contrariando promessa eleitoral). Afinal, 59% dos usuários apontaram que os corredores são excelentes ou bons.

Também pode servir de aviso para que a ridícula liberação dos corredores de ônibus para veículos particulares aos finais de semana seja revista pelo prefeito. Resta ainda sonhar com a renovação da frota e com a substituição dos ônibus a diesel por veículos movidos a gás e a efetiva integração entre os vários meios de transporte (ônibus, metrô, bicicletas, trens e até automóveis).

Share

Post a Comment

Your email is never shared. Required fields are marked *

*
*